Mais Lidas

Danos morais e materiais

Banco do Brasil é condenado por creditar R$ 2.940 a menos em conta de cliente

Segundo cliente no depósito de R$ 3 mil só foi creditado R$ 60

acessibilidade:

A 1ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) manteve por unanimidade a sentença que condenou o Banco do Brasil a ressarcir a um cliente o valor creditado que era menor que o depositado. O autor ajuizou ação para ser ressarcido por danos materiais e morais.

O cliente utilizou um caixa-eletrônico para fazer dois depósitos em envelopes, um no valor de R$ 124,00 e outro de R$ 3 mil, ambos para pagar um credor. Segundo o cliente, no depósito de R$ 3 mil o banco só creditou R$ 60, ou seja, 2% do total.

O Banco do Brasil contestou e alegou que o depósito efetivado não teria sido o alegado pelo cliente, mas sim o constatado pelo banco, em quantia inferior, que o banco não cometeu qualquer ilícito e não há dano a ser reparado.

Entretanto o juiz da 1ª Vara Cível de Sobradinho julgou parcialmente procedente os pedidos do cliente e condenou o Banco do Brasil ressarcir o autor da ação no valor de R$ 2.940, quantia referente à diferença do depósito que não foi creditado.

 

 

Reportar Erro