Mais Lidas

Segurança

Presidente dos EUA é retirado às pressas de coletiva após atentado

Serviço Secreto retirou Donald Trump da sala de imprensa após tiros terem sido disparados próximos à Casa Branca, em confronto entre policiais e um homem armado

acessibilidade:
Agente do Serviço Secreto interrompe coletiva de imprensa para retirar o presidente da sala. Foto: Captura/WH

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi retirado às pressas da coletiva de imprensa que realizava na tarde desta segunda-feira (10), por sua equipe de segurança, após tiros terem sido disparados próximos à Casa Branca.

Donald Trump foi levado ao Salão Oval, a sala do presidente, por aproximadamente nove minutos, segundo a ABC News. Mas depois voltou para terminar a entrevista coletiva. Ele disse que “pelo que entendeu”, um suspeito armado entrou em confronto com autoridades de segurança, foi baleado próximo à cerca da Casa Branca e levado ao hospital. O presidente norte-americano não explicou mais detalhes.

Trump realizada uma entrevista coletiva para que tratava da pandemia do coronavírus nos Estados Unidos, mas foi interrompido no meio de uma frase, e levado por uma porta pelos agentes do Serviço Secreto, responsáveis pela segurança do presidente norte-americano.