Esperança no STJ

Esperança no STJ

A soma das penas é contestada no Superior Tribunal de Justiça e a defesa se diz confiante de que a “ilegalidade será sanada”.

Cláudio Humberto
Cláudio Humberto
| Atualizado