Distrito Federal


20/11/2018

Conselho de Ética da Câmara arquiva representação contra Laerte Bessa

Quebra de decoro

Conselho de Ética da Câmara arquiva representação contra Laerte Bessa

Laerte Bessa era acusado pelo PSB de quebra de decoro parlamentar

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados arquivou hoje (20) a representação do PSB contra o deputado Laerte Bessa (PR-DF). O parlamentar foi acusado de agredir física e verbalmente o subsecretário de Articulação Federal da Casa Civil do Distrito Federal, Edvaldo Dias da Silva, em maio, durante reunião da comissão mista do Congresso Nacional que discutia a medida provisória que criou o Ministério da Segurança. Na reunião, discutia-se também a divisão de verbas do Fundo Constitucional do Distrito Federal entre segurança, saúde e educação. Para o relator do parecer preliminar, deputado Hildo Rocha (MDB-MA), os fatos apresentados pelo PSB devem ser analisados em esfera penal, e não pelo conselho. Rocha ressaltou ainda que a representação ficou prejudicada, já que a agressão ocorreu nas dependências do Senado, fora, portanto, do alcance administrativo da Câmara dos Deputados. Na representação, o PSB pedia a perda do mandato de Laerte Bessa por quebra de decoro parlamentar. O partido alegou que Bessa xingou e agrediu com um soco Edvaldo Dias da Silva. O subsecretário registrou a ocorrência na polícia do Senado. Bessa disse que teve uma “discussão ríspida” com o subsecretário, mas negou que tenha havido agressão.(ABr)
20/11/2018

Governador eleito do DF anuncia mais três integrantes de seu primeiro escalão

Governo Ibaneis

Governador eleito do DF anuncia mais três integrantes de seu primeiro escalão

Relações Institucionais, Desenvolvimento Econômico e Cultura

O governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) anunciou no começo da noite desta terça-feira (20), o nome de mais três integrantes de seu primeiro escalão no Governo do Distrito Federal, a partir de 2019. São indicações para o comando das seguintes secretarias:  Secretaria de Cultura, Adão Cândido; Ruy Coutinho para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Vitor Paulo para a Secretaria de Relações Institucionais.   Perfil dos futuros secretários Adão Cândido O futuro secretário de Cultura, Adão Cândido, é sociólogo e filiado ao PPS. Em sua trajetória, no ano de 2014 está a candidatura a vice-governador do DF, com Luiz Pitiman (PSDB). Dois anos depois, em 2016, Cândido foi indicado pelo partido a um cargo de confiança dentro do Ministério da Cultura, na época do ministro Roberto Freire. Ruy Coutinho Para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico a indicação foi do advogado Ruy Coutinho, formado pela Universidade de Brasília (UnB), ele tem especializações pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pela Universidade de Tulane, em Nova Orleans, nos Estados Unidos. Coutinho teve experiência em cargos no Ministério da Indústria e Comércio, além do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES). Durante o período de 1992 e 1996, Ruy presidiu o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Vitor Paulo Vitor Paulo vai estar à frente da Secretaria de Relações Institucionais. O jornalista e radialista ultimamente ocupa uma cadeira na Câmara dos Deputados, desde quando Ronaldo Nogueira (PROS) se licenciou para assumir a Secretaria-Geral da Presidência da República. Paulo é coordenador da bancada do Distrito Federal na Câmara. Formado o time Mais cedo, o governador eleito já havia anunciado a indicação do zootecnista Dilson Resende para o comando da Secretaria de Agricultura do Distrito Federal.
20/11/2018

Seminário trabalha prevenção do suicídio e automutilação em escolas

Saúde emocional

Seminário trabalha prevenção do suicídio e automutilação em escolas

A violência psicológica talvez seja a mais decorrente nas escolas, apesar de muitas vezes ser uma agressão “velada”

Existem diversas formas de violência, mas no ambiente escolar, talvez a violência psicológica seja a a mais decorrente, apesar de muitas vezes ser uma agressão “velada”. Atualmente a  palavra Bullying vem ficando cada vez mais familiar, o que antigamente era tido como “brincadeira de criança”, vem sendo cada vez mais debatido e discutido na sociedade atual. Não é a toa que em maio, o presidente Michel Temer sancionou a Lei de Combate ao Bullying nas escolas. Segundo a lei sancionada por Temer as escolas deverão adotar medidas de conscientização, prevenção e combate a todos os tipos de violência, principalmente a “intimidação sistemática”. Pensando nisso, na importância da saúde mental de nossas crianças e adolescentes, que o Centro Universitário Estácio promove o I Seminário de Prevenção ao Suicídio e Automutilação na Escola. A importância dos cuidados com a saúde mental dos alunos, a orientação de como a família e os professores podem trabalhar a prevenção, além de como entender os motivos e lidar com o fato, serão alguns dos temas abordados no encontro. Além disso, o público externo será orientado de como identificar estudantes em risco e o que não fazer e plano de manejo. O evento é aberto para toda a comunidade. Serviço:   Dia: 21 de novembro Horário: 8h às 12h Vagas: 350 Local: Auditório do Centro Universitário Estácio Taguatinga Inscrição:  01 brinquedo
20/11/2018

Dilson Resende será o secretário de Agricultura do DF no governo de Ibaneis

Primeiro escalão

Dilson Resende será o secretário de Agricultura do DF no governo de Ibaneis

Resende já atuou como secretário-adjunto de Agricultura no Governo Arruda

O governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) anunciou nesta terça-feira (20), o zootecnista Dilson Resende de Almeida como futuro secretário de Agricultura do Distrito Federal. Resende participou do governo atual, de Rodrigo Rollemberg, durante dois anos, na subsecretaria de Regularização Fundiária do Distrito Federal. O zootecnista também participou do governo de José Roberto Arruda, quando foi secretário-adjunto de Agricultura. Ele também ocupou o cargo de presidente da Emater. Dilson Resende foi superintendente de Saneamento Rural da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb). Resende foi assessor parlamentar da ex-deputada distrital Eurides Brito. Carioca de nascimento, veio para Brasília com a família ainda criança em 1964.(Com informações Correio Braziliense)
20/11/2018

Fauzi Nacfur é escolhido diretor-geral do DER-DF pelo governador eleito Ibaneis Rocha

2ª vez no cargo

Fauzi Nacfur é escolhido diretor-geral do DER-DF pelo governador eleito Ibaneis Rocha

Engenheiro já ocupou o cargo durante o governo do petista Agnelo Queiroz

O engenheiro Fauzi Nacfur foi escolhido pelo governador Ibaneis Rocha como futuro diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF), conforme confirmado nesta segunda (19). Essa é a segunda vez que Nacfur irá ocupar o cargo. Durante os anos de 2011 e 2014, durante a gestão de Agnelo Queiroz (PT), ele assumiu a gestão do DER-DF. Fauzi Nacfur é formado em Engenharia pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), em Minas Gerais, e pós-graduado em “Gestão, Educação e Segurança no Trânsito” pela Universidade Católica de Brasília (UCB). O engenheiro já atuou como diretor de Urbanização da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), como assessor especial e subsecretário na Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos do Distrito Federal.
19/11/2018

Ibaneis escolhe ministro do Meio Ambiente para presidir Instituto Brasília Ambiental

Governo do DF 2019

Ibaneis escolhe ministro do Meio Ambiente para presidir Instituto Brasília Ambiental

Duarte vai para o Ibram e Sarney Filho será secretário do Meio Ambiente do DF

O governador eleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), escolheu o atual ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, como o futuro presidente do Instituto Brasília Ambiental (Ibram). O convite foi aceito. Duarte é pedagogo e ambientalista e também foi deputado federal. É filiado ao Partido Verde. Outro auxiliar no nível de ministro, na mesma área, que já chefiou por duas vezes o Ministério do Meio Ambiente, deputado Sarney Filho, já havia sido anunciado por Ibaneis na última semana como o futuro secretário de Meio Ambiente do seu governo, a partir de janeiro de 2019. O futuro secretário Sarney Filho passou a maior parte da vida em Brasília, onde passou a morar a partir da posse do seu pai, ex-presidente José Sarney, como deputado federal. Sarney Filho iniciou sua trajetória na vida pública ainda jovem, em 1970. Foi eleito deputado estadual pelo Maranhão, em 1978 e conquistou seu primeiro mandato de deputado federal em 1982. Ele está filiado ao Partido Verde desde 2005, e foi reeleito para a Câmara dos Deputados em 2006, 2010 e 2016. Em maio de 2016, assumiu novamente o cargo de ministro do Meio Ambiente, no governo Michel Temer.  
19/11/2018

Ibaneis anuncia Fernando Leite como futuro presidente da Caesb

Novo governo do DF

Ibaneis anuncia Fernando Leite como futuro presidente da Caesb

Leite já ocupou o cargo no governo Roriz e comandou a CEB durante o governo Arruda

O governador eleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, escolheu o engenheiro Fernando Leite para comandar a Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb) a partir de 1º de janeiro. Leite já foi presidente da Caesb durante o último mandato do ex-governador Joaquim Roriz e comandou a Companhia Energética de Brasília (CEB) durante o governo de José Roberto Arruda. Ainda em 2006, quando estava à frente da Caesb, Leite defendeu a captação de água do Lago de Corumbá IV para evitar a sobrecarga nas represas do Descoberto e de Santa Maria. As obras foram retomadas durante a crise hídrica, ano passado. Os planos para a nova gestão da Caesb devem ser anunciados a partir de amanhã, quando Fernando Leite concede entrevista no Centro Internacional de Convenções de Brasília (CICB), onde está instalado o governo de transição.
19/11/2018

Governo de transição faz primeira reunião para analisar situação da Saúde no DF

Raio-X da Saúde

Governo de transição faz primeira reunião para analisar situação da Saúde no DF

Reunião inicial do grupo "Raio-X da Saúde" teve a presença do governador eleito Ibaneis Rocha

O governador eleito, Ibaneis Rocha, participou nesta segunda (19) da reunião de apresentação do grupo “Raio-X da Saúde”, criado para analisar e propor soluções para os problemas mais graves enfrentados pelos habitantes do Distrito Federal. O grupo conta com 14 membros incluindo o ex-deputado e ex-secretário de Saúde Jofran Frejat, o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Adeílson Cavalcante, a cardiologista Núbia Welerson Vieira, do hospital do coração, além de membros do Hospital da Criança e representantes de sindicatos da área. Após a reunião, o vice-governador eleito, Paco Britto, explicou que a reunião foi apenas de apresentação dos membros do grupo e o número de integrantes ainda não está fechado. Sobre o futuro secretário de Saúde, Britto disse que o nome ainda não foi definido, mas que pode sair do grupo Raio-X da Saúde.
19/11/2018

No DF, onde Bolsonaro teve grande votação 72,7% acham que o País vai melhorar

Otimismo em alta

No DF, onde Bolsonaro teve grande votação 72,7% acham que o País vai melhorar

Pesquisa revela que maioria dos brasilienses espera futuro melhor

A expectativa de melhoria do País no governo Jair Bolsonaro, entre os eleitores de Brasília, atinge 72,7%, segundo levantamento do instituto Exata OP. As primeiras escolhas do presidente eleito também foram aprovadas pelo mesmo percentual, 72,7%. O otimismo em relação ao futuro é forte: 59,6% acham que haverá melhoria significativa no padrão de vida. O Exata ouviu 1.528 eleitores de todas as regiões, idades, classes sociais, religiões e também grau de escolaridade. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder. O otimismo dos brasiliense chega a 82% entre os que têm mais de 60 anos. Entre jovens de 16 a 26 anos, 60% acham que tudo vai melhorar. Os dados revelaram queda substancial de pessimistas e apenas 10,8% dos entrevistados acreditam que a situação do País vai piorar. De acordo com a pesquisa, 28,8% confiam “plenamente” em Bolsonaro e 25,6% “parcialmente”. Há 29,2% ainda em dúvida.
18/11/2018

Conselho de Ética analisa representação contra o deputado federal Laerte Bessa

Quebra de decoro

Conselho de Ética analisa representação contra o deputado federal Laerte Bessa

Conforme representação do PSB, Bessa agrediu o subsecretário de Articulação Federal da Casa Civil do DF

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar reúne-se na próxima terça-feira (20), para analisar o parecer preliminar que será apresentado pelo deputado Hildo Rocha (MDB-MA) referente a processo contra o deputado Laerte Bessa (PR-DF). Conforme representação do PSB (REP 28/18), Laerte Bessa agrediu o subsecretário de Articulação Federal da Casa Civil do Distrito Federal, Edvaldo Dias da Silva, em comissão mista do Congresso Nacional sobre medida provisória que criou o Ministério da Segurança e tratava também da divisão de verbas do Fundo Constitucional do Distrito Federal entre segurança, saúde e educação. A defesa de Bessa argumentou que o PSB não tem legitimidade para oferecer a acusação por quebra de decoro. Além disso, segundo a defesa, na ocasião o deputado estava “no pleno exercício do mandato parlamentar”, sendo inviolável por “opiniões, palavras e votos”.(Agência Câmara)