Mais Lidas

Nova forma de valorizar

Empresa lucra vendendo experiências como prêmios corporativos

Companhias deixam dinheiro de lado e passam a premiar suas equipes com experiências

acessibilidade:

Uma nova maneira de premiar uma equipe por atingir metas na empresa é proporcionando experiências – como gastronômicas, bem-estar, esporte, viagens e aventuras. A Viva! Experiências viu na venda de experiências corporativas uma forma de lucrar.

"Dinheiro nesses momentos é impessoal; o reconhecimento precisa ser importante, com uma experiência proporcional ao empenho e dedicação do colaborador. A bonificação como dinheiro para reconhecimento é algo padrão nas empresas, equivale a um ‘tapinha nas costas’. Já a experiência mostra que o empregador procurou algo valioso e único para presentear o colaborador", explica o CEO da Viva! Experiências, André Susskind.

Nesse primeiro semestre, a empresa cresceu 20% com a venda de experiências para colaboradores, em relação ao mesmo período do ano passado. A expectativa é fechar o ano com um faturamento de R$ 12 milhões.

"O crescimento deste ano vem da disseminação do nosso principal produto, o Catálogo de Prêmios, e ao aumento da base de clientes corporativos. Outro ponto interessante é que esse ano os projetos recorrentes já representam 25% da receita e nosso objetivo é chegar a 50% até o final de 2018. Em cinco anos, queremos atingir R$ 30 milhões de faturamento", ressalta o CEO.

Susskind atribui o crescimento da Viva! Experiências à conscientização das empresas que uma experiência é mais valorizada pelo funcionário do que um prêmio em dinheiro e que os custos desse tipo de premiação é menor para as companhias.