Mais Lidas

Acarajé da Bita

Empreendedora baiana comemora licenciamento na Semana do MEI

Bita, como é conhecida, montou sua primeira barraquinha no Gama

acessibilidade:
Bita abriu a primeira barraquinha de acarajé no Gama

Nascida em Santo Amaro da Purificação, na Bahia, terra de Caetano Veloso e Maria Betânia, Dinalva Paixão dos Santos é uma das mais novas empreendedoras formalizadas no Distrito Federal. Em 1979, quando ainda não havia completado 20 anos de idade, ela deixou Feira de Santana, cidade do interior baiano onde foi criada, rumo a Brasília, trazendo seu legítimo acarajé para a tradicional Festa dos Estados. “Vim para ficar alguns dias e já se passaram quase 40 anos”, lembra.

O sucesso da festa e o grande número de migrantes que, diariamente, chegavam à capital fizeram Dinalva, também conhecida como Bita, desistir de regressar à Bahia e apostar na vida como autônoma.

Bita montou sua primeira banquinha de acarajé no Gama. Depois, ela foi para as proximidades do shopping Pátio Brasil e o Setor Comercial Sul, no centro de Brasília. “Fugi inúmeras vezes da fiscalização. Eles levavam tudo e me obrigavam a recomeçar. Passei muitas dificuldades, mas criei cinco filhos dessa maneira”, ela conta.

O ano de 2018 trouxe muitas mudanças para a baiana e sua família. Há pouco mais de dois meses, o governador Rodrigo Rollemberg entregou a ela a tão sonhada escritura da casa da família, no Sol Nascente. E em maio, quando trabalhava em uma festa, ela Dinalva foi apresentada a uma colaboradora do Sebrae no DF. “Contei a ela que perdi muitas chances de levar o meu acarajé a eventos porque não emitia nota fiscal. Foi quando a moça do Sebrae me disse: o seu acarajé está escondido e não pode ficar assim. Vou ajudar”, ela conta.

Uma semana depois, Dinalva conseguiu se formalizar. Ela recebeu no dia 14 de maio o licenciamento de seu pequeno negócio, o Acarajé da Tia Bita, durante a cerimônia de abertura da Semana do MEI 2018. “A partir de agora não vou perder nenhuma oportunidade de mostrar o meu trabalho e eu sei que posso contar com o Sebrae”, comemorou a nova empreendedora.