Mais Lidas

Expectativa alta

Volvo espera comercializar mais de quatro mil veículos eletrificados em 2020 no Brasil

Esperado para chegar neste ano por aqui, o XC40 Recharge deve ajudar neste número

acessibilidade:
Volvo XC90 T8 Inscription.

Em 2019, a Volvo comercializou quase oito mil veículos no Brasil. Destes, cerca de 1,1 mil foram híbridos. Em relação a 2018, o crescimento foi de 15,8%. Para este ano, a marca aposta em voos ainda mais altos, tanto entre os modelos puramente a combustão, quanto entre os eletrificados. 

A expectativa da sueca é crescer 20% e ultrapassar a marca de 10 mil unidades vendidas no Brasil, o que a consagraria em terceiro lugar — podendo brigar pelo segundo –, entre as marcas premium, com cerca de 20% de participação. 

Lançado em 2019, o S60 foi o último modelo a ganhar versão T8.

Entre os híbridos, o crescimento estimado pela montadora é ainda maior. A Volvo espera vender aproximadamente 4.300 veículos eletrificados, o que representaria uma alta de mais de 290%. A expectativa da sueca é se consolidar como a principal marca premium de modelos eletrificados no Brasil

Atualmente, a sueca conta com quatro modelos com opção híbrida, a T8, nos sedãs S60 e S90 e nos SUVs XC60 e XC90. Para aumentar a linha, a marca deve apresentar o XC40 Recharge, o primeiro veículo totalmente elétrico da montadora, ainda este ano. 

O XC40 Recharge é esperado ainda neste ano no mercado brasileiro.

O utilitário compacto, apresentado ano passado nos Estados Unidos, já aparece no site da montadora com a informação de “em breve”, resta saber quando ele será apresentado oficialmente. Outra dúvida é por quanto ele deve chegar, uma coisa é certa, barato não vai ser. 

O modelo utiliza um sistema elétrico de 408 cavalos, um a mais que a configuração T8. Segundo a Volvo, ele tem capacidade de mais de 400 quilômetros de autonomia. O Recharge utiliza um sistema de recarga super rápido, que garante 80% das baterias em menos de 40 minutos.