Mais Lidas

Fora da realidade

Toyota apresenta versões ‘esportivas’ da Hilux e perde a linha nos valores, acima de R$ 200 mil

A grande novidade é a versão V6, mas com motor a gasolina e não diesel

acessibilidade:
18º → Toyota Hilux → 14.324 unidades

Não é de hoje que a Toyota perde a linha nos preços de seus veículos. Mas ela se superou na apresentação da série especial GR-S (Gazoo Racing Sport), a última “surtada” da japonesa em relação a preço. O modelo, repleto de adesivos e pouca alteração mecânica, chega com dois motores e valores fora da realidade.

Limitada a 400 unidades, a diesel chega por insanos R$ 220.090. Já a gasolina, a grande novidade da linha e seus impressionantes R$ 204.990, terá apenas 100 unidades disponíveis a venda. Ambas já estão disponíveis nas lojas da marca. 

Motor V6 a gasolina é uma das novidades da versão.

A GR-S a gasolina utiliza uma caixa V6 de 234 cavalos e se torna a primeira picape média brasileira, movida com este tipo de combustível, a ultrapassar a barreira dos R$ 200 mil. E, por enquanto, é a caminhonete mais potente da categoria, posição que perderá em breve com a chegada da nova Volkswagen Amarok V6 e seus 258 cavalos. 

A opção a diesel, combina duas situações bizarras. Ela é, de longe, a mais cara da categoria e a que conta com o motor mais fraco, na versão topo de linha. O propulsor 2.8 gera apenas 177 cavalos e 45,9kgfm de torque. A transmissão é automática de seis velocidades. 

Mesmo com apelo esportivo, o lado off-road não foi esquecido.

A única alteração não visual das GR-S focou a suspensão. Na versão a gasolina, o sistema foi recalibrado com um novo conjunto de molas e amortecedores monotubo. Além disso, a peça foi pintada de vermelho. Na opção diesel apenas a cor é novidade. 

A versão a gasolina ainda tem uma outra novidade, as rodas. De forma bem incomum, as peças de liga leve são de 17 polegadas. Os pneus são 265/65 AT de uso misto. Tirando o tamanho, a diesel utiliza o mesmo tipo de composto. 

Muitos adesivos

Diversas placas pela carroceria identificam a versão GR-S.

Para justificar o lado esportivo, principalmente da opção diesel, as versões GR-S contam com diversos adesivos na carroceria, focando as laterais e que mudam de cor de acordo com a pintura. Na opção branca, a picape vem com capô e teto pretos. Além disso, ela conta com vários emblemas da versão, na dianteira, traseira e laterais. 

Uma diferença interessante em relação às outros versões da Hilux é na grade dianteira. A marca substituiu a logo pelo nome da montadora, no melhor estilo de modelos lá de fora. Outros detalhes diferenciais focam as maçanetas e espelhos externos, que são são pintadas em preto metálico. E o santantônio diferenciado em cinza. 

Com carroceria em branco, o teto e capô são em preto.

Por dentro, os bancos são em couro perfurado preto com fundo vermelho, a mesma cor é vista nas costuras dos braços, freio de mão e console central. O teto e colunas são em tom escuro. O logo GR é apresentado nos apoios de cabeça e tapetes. 

Recheada

Detalhes em vermelho apontam o lado esportivo da cabine.

Por ser uma versão topo de linha, apenas com motores diferentes, a Hilux GR-S é, ao mínimo, bem completa. Uma boa novidade é a câmera frontal no para-brisa com gravação Full HD, ideal para ser usada como meio de segurança e registro, pois permite que seja configurada para gravar continuamente.

Além disso, a picape conta com faróis em LED, central multimídia com tela de oito polegadas, abertura das portas e partida do motor com chave de aproximação, piloto automático, assistente de partida em rampa, controles de tração, capota marítima, estabilidade e balanceamento de reboque e sete airbags. 

Na grade dianteira, o nome da marca substitui a logo.

O sistema 4×4 conta com controle ativo de tração, que aplica automaticamente, quando ativo, a pressão de frenagem em qualquer uma das rodas que perca aderência enviando torque a roda oposta. O sistema também conta com diferencial traseiro blocante e auxiliar de descida em rampa. 

18º → Toyota Hilux → 14.324 unidades
Toda a linha da Toyota terá cinco anos de garantia. Foto: Toyota.
Toyota Hilux GR-S 2020.
Toyota Hilux GR-S 2020.
Toyota Hilux GR-S 2020.
Toyota Hilux GR-S 2020.
Toyota Hilux GR-S 2020.
Toyota Hilux GR-S 2020.
Toyota Hilux GR-S 2020.
Toyota Hilux GR-S 2020.
Toyota Hilux GR-S 2020.
Toyota Hilux GR-S 2020.
Toyota Hilux GR-S 2020.
Toyota Hilux GR-S 2020.
Toyota Hilux GR-S 2020.
Toyota Hilux GR-S 2020.