Mais Lidas

Já nas lojas

Sem nenhuma alteração significativa, Volkswagen apresenta linha 2020 da Amarok

As novidades focaram o desenho das rodas e em um ou outro acessório

acessibilidade:
Volkswagen Amarok V6 2020. Fotos: Volkswagen.

Volkswagen apresenta linha 2020 da Amarok com rodas e itens de série novos. Com pouquíssimas mudanças, a picape já está disponível nas concessionárias da marca em seis versões com valores entre R$ 130.590 e R$ 210.280. 

A V6 Extreme (R$ 210.280), configuração topo de linha, ganhou um novo defletor na dianteira, pintado na cor da carroceria. A opção de entrada da V6, a Highline (R$ 199.280), traz agora novas rodas de liga leve de 18 polegadas de série.

As versões V6 ganham novas rodas.

As versões Comfortline (R$ 177.980), Highline (R$ 193.380), V6 Highline e V6 Extreme passam a ter protetor antifurto do estepe de série. O protetor conta com chave segredo exclusiva e inviolável, tubo de aço de proteção para o cabo de aço para movimentação do pneu sobressalente, placa de proteção inferior para o suporte de fixação e maior resistência à corrosão.

Sempre com motor movido a diesel, a Amarok conta com três propulsores diferentes. A opção de entrada, a S (R$ 130.590), conta com uma caixa de 140 cavalos e câmbio manual. A SE (R$ 156.290) também utiliza a transmissão manual, mas como a Comfortline e Highline (que são automáticas), vem com motor de 180 cavalos e 42,8kgfm de torque.

Com quase nenhuma mudança, a linha 2020 da picape já está disponível.

As topo de linha, como os nomes indicam, utilizam o potente propulsor V6 de 225 cavalos e 56kgfm de torque. O câmbio automático é o mesmo das anteriores, uma caixa de oito velocidades. Esse conjunto permite que a picape saia do zero aos 100km/h em oito segundos, com máxima de 190km/h.