Mais Lidas

No vermelho

Segundo Abeifa, Brasil importou 7,4% a menos de veículos em 2021

No último ano, pouco mais de 25 mil unidades desembarcaram no Brasil vindas de mercados exteriores

acessibilidade:
Porsche Taycan 4 Cross Turismo
Segundo Abeifa, Brasil importou 7,4% a menos de veículos em 2021. Foto: Porsche.

Em um ano de várias crises pelo mundo, desde a sanitária, passando pela econômica e até na distribuição e fornecimento de peças e componentes – como os semicondutores – a importação de veículos no Brasil seguiu o caminho contrário da produção e emplacamentos e fechou 2021 em queda. 

Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (Abeifa), o mercado brasileiro importou 25.421 unidades em 2021, queda de 7,4% quando comparado com 2020, quando 27.439 veículos entraram no país. 

Em dezembro, foram 2.155 veículos importados, o que significou uma alta de 15% em relação a novembro (1.874), mas uma queda de 11,1% quando comparado ao mesmo período de 2020 (3.895 importações). 

Ainda de acordo com a Abeifa, analisando apenas o mês de dezembro, as 2.155 unidades importadas representam apenas 1,11% da participação total de mercado de todos os veículos emplacados no período.

Entre as montadoras importadoras, três marcas se sobressaíram de forma positiva ou negativa. A Volvo teve 8.275 importações, com destaque para as mais de 3,5 mil unidades do XC40. A Porsche também se destacou com 3.088 unidades, sendo mais de 800 apenas do 911. Já a Kia, mesmo não sendo uma marca de luxo, emplacou apenas 5.042 veículos.