Coronavírus

Pandemia faz brasileiros reduzirem uso do carro em 84%, aponta estudo

Dados da Wings revelam que 40% dos veículos realizaram apenas duas viagens por dia

acessibilidade:
Estudo aponta que uso do carro caiu 84% em março. Fotos: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A pandemia do novo coronavírus modificou totalmente o modo de viver das pessoas. Boa parte da população brasileira, e mundial, está em isolamento social. Com isso, o uso do carro caiu consideravelmente. Segundo levantamento da Wings, empresa de acessórios automotivos, em março, os brasileiros reduziram a utilização dos veículos em 84%. 

A companhia brasileira, criada em 2010, utilizou dados do sistema de conectividade VAI (Inteligência Artificial Veicular, em tradução livre) para colher informações sobre o uso diário dos veículos. Segundo a empresa, os usuários da tecnologia reduziram drasticamente seus hábitos de uso semanal do carro durante o mês de março.

Os dados contemplam uma amostragem de 1.435 veículos conectados ao VAI e apontam uma boa resposta dos motoristas às medidas de quarentena dos governos estaduais e municipais. 

Na última semana do mês, entre os dias 25 e 31, o tempo médio do brasileiro ao volante foi 58% menor, por exemplo, ao registrado de 3 a 10 de março, antes das medidas de isolamento social. No total, a média de minutos gastos no carro por dia caiu de 125 para 52.

Nos resultados por estado, o Distrito Federal foi o que mais reduziu os hábitos de condução com a pandemia. Na capital federal, 91% da frota analisada diminuiu o uso do carro no período, seguido pela Bahia (90%) e Rio de Janeiro (87%). Fecham o top 5, Pernambuco (85%) e Minas Gerais (83%).

No que refere ao número diário de deslocamentos, também houve uma redução grande. Segundo a Wings, na última semana de março, aproximadamente 40% dos veículos analisados fizeram um máximo de duas viagens diárias.  

Para se ter uma ideia, no Rio de Janeiro, por exemplo, apenas 15% da frota realizava no máximo dois deslocamentos por dia na primeira semana do mês, enquanto no último período de março, 52% dos carros passaram a fazer apenas duas viagens.

Já na Bahia e em São Paulo a porcentagem de carros que passou a fazer dois deslocamentos por dia na última semana de março saltou de 7% e 15%, respectivamente, para 40%. Do Distrito Federal foi de 8% para 31% e em Pernambuco foi dos mesmo 8% para 36%.