Mais Lidas

Boas Ações

Mercedes-Benz cria unidade móvel de tomografia para combate ao Covid-19

A montadora transformou um Actros com carroceria baú na “Carreta Tomografia”

acessibilidade:
Mercedes-Benz cria unidade móvel de tomografia para combate ao Covid-19. Fotos: MB

A Mercedes-Benz do Brasil em conjunto com a Associação Beneficente Ebenezer (CIES Global) e outros parceiros, desenvolveu e coordena um projeto que deu origem à Unidade Móvel de Tomografia, utilizada para diagnosticar o Covid-19. A marca fará o serviço de mobilidade, uma vez que a “Carreta Tomografia” será puxada pelo caminhão extrapesado Actros.

Segundo a montadora, por meio da parceria com o CIES Global — que presta serviços à prefeitura de São Paulo — o objetivo dessa iniciativa é ampliar o volume de exames de tomografia para pacientes do Sistema único de Saúde (SUS) em hospitais públicos do município, principalmente nesta época de pandemia.

Com o apoio da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK São Paulo), a proposta chegou ao conhecimento do BMZ (Ministério Federal de Cooperação Econômica e Desenvolvimento da Alemanha), que ofereceu aporte de cerca de 190 mil euros para a produção da Unidade Móvel de Tomografia, que envolve a carroçaria sobre o semirreboque e toda a sua estrutura interna.

O aporte do BMZ foi viabilizado por meio do DEG, órgão ligado ao Banco de Desenvolvimento KfW, que, entre várias ações globais, destina verba a programas em países emergentes e em desenvolvimento voltados a questões sociais, ambientais e econômicas. Participam ativamente do projeto também a Siemens Healthineers e a Fleximedical.

Além de disponibilizar uma unidade do novo Actros para puxar a “Carreta Tomografia”, a Mercedes-Benz é responsável pelo gerenciamento do projeto, mão de obra, direcionamento dos investimentos do DEG e identidade visual do veículo. A empresa atua como uma integradora de soluções de saúde e mobilidade sobre rodas, com a ajuda de colaboradores de várias áreas da empresa.  

O CIES Global é uma organização com ampla experiência e reconhecimento na realização de atendimentos de saúde em unidades móveis e modulares. Na “Carreta Tomografia”, o CIES responde por todo e qualquer serviço e equipamento médico a ser empregado, disponibilizando a equipe necessária para o atendimento dos pacientes que forem realizar os exames. 

O tomógrafo da marca Siemens Healthineers, que compõe a carreta, foi adquirido pelo CIES Global, com recurso financeiro fornecido pelo Ministério da Saúde para atuação no combate à pandemia do novo coronavírus.

Para fomentar o projeto, a Siemens concedeu isenção nos custos de transporte e de instalação do equipamento. A Fleximedical executou toda a manufatura e construção técnica da carreta, assim como a preparação e estrutura física da unidade móvel.

“A ‘Carreta Tomografia’ será utilizada de acordo com as necessidades de saúde do município de São Paulo, avaliadas pela secretaria de saúde. A capacidade é realizar até 1.000 tomografias por mês. Com essa ação, vamos oferecer exames para um maior número de pessoas. Estamos muito felizes e satisfeitos em contribuir com uma causa social tão necessária para a população’, afirma Roberto Leoncini, vice-presidente de vendas e marketing caminhões e ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. 

O executivo explica que a satisfação é maior porque a “Carreta Tomografia” é fruto de uma iniciativa de colaboradores da própria montadora. Com o pontapé inicial dado dentro da Mercedes por um grupo multifuncional focado em inovação disruptiva e novos negócios, que gera as mais variadas soluções ligadas a transporte, mobilidade, pessoas e sociedade. 

“O objetivo é incentivar e reforçar o espírito pioneiro, promover a cultura da inovação e levar novas ideias para ruas e estradas, sempre com foco na qualidade de vida, na responsabilidade social e no ecossistema do transporte. A Unidade Móvel de Tomografia é um case admirável, como mostram a adesão dos parceiros e o apoio de entidades como BMZ e DEG”.

De acordo com a marca, os primeiros passos para a concretização da carreta surgiram em fevereiro deste ano, a partir de um encontro entre profissionais da Mercedes-Benz e do CIES Global. 

O início da pandemia do coronavírus no País, em março, direcionou o projeto para ações de combate ao Covid-19, culminando com a apresentação do projeto ao BMZ em abril. Após a aprovação e liberação da verba, ocorreu o envolvimento dos demais parceiros.

A Unidade Móvel de Tomografia tem cerca de 18,5 metros de comprimento e 2,60 metros de largura. Para ampliar o espaço interno e oferecer mais conforto no atendimento aos pacientes, parte da carroçaria é extensível, avançando mais 2,25 metros de largura e recebendo rampa de acesso. 

Segundo a Mercedes, isso traz mais comodidade e segurança para cadeirantes e para pessoas com dificuldade de locomoção. O espaço interno é formado pelas salas de tomografia, comando dos exames, ambientes multiuso, além do hall de entrada.

Vídeos Relacionados