Feito aqui

Gulf Oil apresenta linha completa de lubrificantes fabricados no Brasil

A americana, que desembarcou oficialmente por aqui em 2023, passa a produzir os óleos na planta brasileira da marca

acessibilidade:
Linha de lubrificantes Gulf Oil.
Gulf Oil apresenta linha completa de lubrificantes fabricados no Brasil (foto: Gulf Oil).

Em 2023, a Gulf Oil iniciou a operação oficial da marca no Brasil. De início, os produtos da americana eram importados e disponibilizados por distribuidores. No entanto, agora, a marca passa a produzir localmente e apresenta uma linha completa de lubrificantes no mercado brasileiro, alinhados com o portfólio global da empresa.

Fazem parte da nova linha Gulf, lubrificantes para automóveis, SUVs, picapes, motocicletas e veículos pesados. Segundo a marca, eles estão alinhados com as formulações globais da empresa e foram aperfeiçoados com tecnologias modernas, testadas e comprovadas em laboratórios internacionais.

Eles atendem e superam os requisitos dos principais órgãos da indústria, incluindo o American Petroleum Institute (API), a European Automobile Manufacturers Association (ACEA) e as principais montadoras de veículos do mundo, utilizando tecnologias inovadoras para os modernos motores de automóveis.

Na linha de lubrificantes para carros o destaque é o Ultrasynth, óleo de motor 100% sintético que agora conta com a tecnologia Wear-Guard. Desenvolvida para os novos motores que trabalham com alta potência e rotação e, portanto, maiores esforços mecânicos. 

De acordo com a Gulg, a tecnologia cria uma película de proteção adicional que se adere às partes críticas do motor e permanece ativa em todas as situações, da partida até as altas acelerações, reduzindo o desgaste das peças.

Já o Formula, óleo de motor sintético, foi aperfeiçoado com a tecnologia “Thermo Shield” que garante a lubrificação estável do motor, mesmo sob condições de demanda máxima. Com maior resistência térmica, suporta altas temperaturas, prevenindo a degradação acelerada do óleo e a formação de depósitos, além de assegurar maior limpeza interna.

Para automóveis, a Gulf conta também com o Tec, lubrificante semissintético projetado para motores de alta potência, multiválvulas, movidos a gasolina e/ou etanol (Flex) turbo e veículos leves movidos a diesel. Para motores que tem especificação óleo de base mineral, a americana tem o Max, lubrificante multigrau com aditivos especiais, formulado para oferecer maior proteção às partes móveis do propulsor e resistência à oxidação.

Para motos, a Gulf conta como Pride, com tecnologia Oxi-Bitor, que permite a utilização do motor em condições extremas por mais tempo, controlando a oxidação do óleo, assegurando maior desempenho do conjunto mecânico. Já o Powertrac foi desenvolvido com tecnologia PowerRox, com moléculas especiais que contêm detergentes poderosos que combatem continuamente a formação de depósitos no motor.

Já o Syntrac, 100% sintético, foi desenvolvido para motores suportarem condições semelhantes às de corrida, ou seja, de alta carga, velocidade e temperatura. Ele vem oficialmente com o selo “Race Ready Formula” que avaliza a performance máxima sustentável do motor em condições extremas.

Para veículos pesados, a conta com as famílias Superfleet Supreme, Supreme Dute Ule, Super Duty Le Plus e Super Duty Le, que contam com tecnologia Clean-Flow e o selo “Reduced Downtime” que atestam seus benefícios quanto a redução do tempo de inatividade dos veículos por problemas nos motores.

Os lubrificantes da nova linha Gulf incluem também óleos de transmissão, para uso industrial e engrenagem, são fabricados na planta da empresa em São Paulo, que tem capacidade de produção de três milhões de litros/mês, com meta de subir para 4.5 milhões em breve. A marca pretende ampliar ainda mais o portfólio de produtos no Brasil.