Diesel + elétrico

Foton lança primeiras picapes da marca no Brasil, as Tunland V7 e V9

As caminhonetes contam com conjunto mecânico híbrido 4x4 e porte grande, mas potência de modelo intermediário

acessibilidade:
Foton Tunland V9.
Foton lança primeiras picapes da marca no Brasil, as Tunland V7 e V9 (fotos: Foton).

A Foton, montadora chinesa de caminhões e ônibus, apresenta as primeiras picapes da marca no Brasil, as Tunland V7 e V9. As caminhonetes utilizam conjunto mecânico híbrido, alinhando um motor diesel a outro elétrico e tração 4×4. 

Segundo a marca, nos próximos meses, as picapes passarão por um processo de homologação no Brasil e devem estar disponíveis para venda em novembro de 2024, com preços a partir de R$ 250 mil. Elas terão garantia de três anos ou 100 mil quilômetros, o que ocorrer primeiro.

O conjunto mecânico é o mesmo para os dois modelos. Elas são equipadas com um motor 2.0 diesel aliado um elétrico de 48V que geram míseros 175 cavalos e 45kgfm de torque, para se ter uma ideia, o propulsor da Fiat Toro tem números parecidos com estes.

Como em qualquer modelo híbrido leve, o motor elétrico auxilia o à combustão, reduzindo o consumo de combustível. Quando o veículo está parado ou em baixa velocidade, ele pode operar apenas com o elétrico, reduzindo as emissões, ao frear ou desacelerar, ele atua como um gerador, convertendo a energia cinética em eletricidade. Isso ajuda a recarregar a bateria e a melhorar a eficiência da picape.

Foton Tunland V9.

O interior das duas é o mesmo, só muda as cores e o teto solar na V9.

Segundo a marca, as caminhonetes têm consumo aferido de 12,5km/L. Com o tanque de 76 litros cheio, a Tunland tem autonomia de 960 quilômetros. A transmissão das picapes é automática de oito velocidades da ZF. Além disso, elas contam com sistema de tração 4×4 com acionamento eletrônico, auxiliar de descida e bloqueio do diferencial traseiro.

A Tunland V9 tem um apelo mais urbano, com suspensão traseira tipo McPherson, desenvolvida para proporcionar um maior conforto no uso diário. Já a V7 tem suspensão tipo feixe de mola, mais rígida e calibrada para operações off-road ou para trabalho pesado. 

Foton Tunland V7.

Ambas têm porte de picape grande, mas motorização de intermediária.

Ambas têm porte grande, do nível de Ford F-150, GM Silverado e Ram 2500. Elas medem 5.617mm de comprimento e têm 3.355mm de entre-eixos. A V9 é um pouco mais larga e alta, com 2.090mm de largura e 1.955mm de altura, contra 2.000mm e 1.910mm da V7. A capacidade de carga é de um tonelada e a caçamba tem diversos pontos de ancoragem.

Entre os itens de série, a única diferença de uma para a outra é o teto solar panorâmico, presente apenas na V9. No mais, a lista é idêntica. Elas contam com faróis em LED com ajuste automático, controle de estabilidade, assistência de frenagem, seis airbags, monitoramento de pressão dos pneus, câmera de ré e sensores de estacionamento.

Foton Tunland V9.

Foton Tunland V9.

Elas vêm também com painel de instrumentos digital, central multimídia com tela de 14,6 polegadas, sistema de som premium, ar-condicionado dual zone, chave sensorial para abertura das portas e partida do motor por botão.

Foton Tunland V9.
Foton Tunland V9.
Foton Tunland V9.
Foton Tunland V9.
Foton Tunland V9.
Foton lança primeiras picapes da marca no Brasil, as Tunland V7 e V9 (fotos: Foton).
Foton Tunland V7.
Foton Tunland V7.
Foton Tunland V7.
Foton Tunland V7.
Foton Tunland V7.
Foton Tunland V7.
Foton Tunland V7.
Foton Tunland V7.
Foton Tunland V7.
Foton Tunland V7.
Foton Tunland V9.
Foton Tunland V9.
Foton Tunland V9.
Foton Tunland V9.