Mais Lidas

Ampliação

Fazendo 21 anos de Brasil, Nissan anuncia novo turno e 578 contratações

A montadora decidiu ampliar a capacidade da fábrica de Resende (RJ) a partir de fevereiro do ano que vem

acessibilidade:
Linha de produção da Nissan
Fazendo 21 anos de Brasil, Nissan anuncia novo turno e 578 contratações. Foto: Nissan.

A Nissan comemora 21 anos de atividades oficiais no Brasil. A marca, que chegou por aqui em 2000, desde 2014 conta com uma planta local, o Complexo Industrial de Resende, na cidade do interior do Rio de Janeiro. Agora, a japonesa anuncia um passo importante de expansão, com a adoção de um segundo turno na fábrica fluminense.  

A partir de fevereiro, o complexo de Resende ganhará mais um turno de produção e, para viabilizar a operação, a empresa vai contratar 578 novos funcionários. Para começar o segundo turno no prazo previsto, a Nissan iniciará a seleção e a contratação dos novos funcionários já neste mês de outubro. 

Segundo a marca, todos serão treinados internamente na unidade industrial por funcionários especializados, mestres formados pela empresa no Brasil e em outros países. A formação será em áreas que simulam os processos da linha de produção, garantindo assim que todos aprendam desde o início o DNA da manufatura global da Nissan.

Com o novo turno, a Nissan reforçará a produção para atender a forte demanda pelo novo Kicks, lançado em março deste ano, tanto no mercado interno quanto em outros países, com a exportação do modelo brasileiro. Além do SUV, a antiga geração do Versa, rebatizada de V-Drive, também é produzida localmente.

“O Complexo Industrial de Resende é estratégico para a evolução da Nissan no Brasil e em toda a América do Sul. Com o novo turno, além de demonstrarmos mais uma vez nosso compromisso de longo prazo com os brasileiros, teremos mais volume para suprir a forte procura que o novo Kicks está tendo desde a sua chegada ao mercado”, afirma Guy Rodríguez, presidente da Nissan América do Sul.