Aventureira grande

BMW Motorrad confirma início da produção da nova R 1300 GS no Brasil

A nova bigtrail da marca será lançada oficialmente no segundo trimestre, mas a fabricação começa já neste mês

acessibilidade:
BMW Motorrad R 1300 GS.
BMW Motorrad confirma início da produção da nova R 1300 GS no Brasil (foto: BMW).

Em 2023, a BMW Motorrad anunciou um aporte de R$ 50 milhões na planta da marca do Polo Industrial de Manaus (PIM), Amazonas – a única da montadora dedicada a motocicletas fora da Alemanha –, e o lançamento de sete modelos até 2025. 

Três já foram apresentados (a roadster F 900 R, a esportiva S 1000 RR e o scooter C 400 X), outros quatro ainda serão apresentados, sendo que o quarto acaba de ser confirmado, a novíssima R 1300 GS e todos serão produzidos na planta manauara.

Segundo a alemã, a mais nova bigtrail da marca faz parte do primeiro passo da BMW Motorrad em direção aos próximos 100 anos – ela foi lançada mundialmente em setembro do ano passado em comemoração ao centenário da montadora. A apresentação oficial no Brasil está prevista para o segundo trimestre deste ano.

“A BMW Motorrad estabeleceu um novo segmento de Enduro Touring há mais de 40 anos, com a R 80 G/S, e os modelos GS de motor boxer têm liderado o segmento de motos aventureiras também no Brasil. Para seguirmos essa trilha de sucesso, a R 1300 GS incorpora um design quase novo, com novo motor, capacidade de manobra acima da média e grande qualidade de pilotagem”, afirma Julian Mallea, CEO da BMW Motorrad Brasil.

Pesando 12kg a menos que a antecessora, a R 1250 GS, a R 1300 GS traz mais uma vez o lendário motor boxer de dois cilindros. Com exatos 1.300cc, o propulsor gera 145 cavalos a 7.750rpm, com torque máximo de 15,1kgfm a 6.500rpm. É a caixa de força boxer BMW mais potente já produzida em série.

Além dos novos modelos, já produzidos e ainda a serem lançados, o aporte anunciado pela marca permitirá uma ampliação de 13% da capacidade anual de produção, de 15 mil unidades para 17 mil.

Reportar Erro