Mais Lidas

Festival Duas Rodas

Após dois anos, Capital Moto Week volta a estrada de 21 a 30 de julho

O maior festival de motocicleta da América Latina tem mais de dois mil motoclubes confirmados e deve receber 800 mil pessoas em Brasília

acessibilidade:
Capital Moto Week.
Após dois anos, Capital Moto Week volta a estrada de 21 a 30 de julho. Foto: Geison Guedes/DP.

Daqui exatos um mês, no dia 21 de julho, o Parque de Exposições da Granja do Torto em Brasília (DF) receberá a 17ª edição do Capital Moto Week (CMW), maior festival de motocicletas da América Latina e que retorna após dois anos por causa da pandemia de Covid-19. 

Segundo a produção do CMW, o retorno do festival será em grande estilo. Durante os 10 dias de evento, serão mais de 70 shows, inclusive com grandes nomes do rock nacional como Pitty, Biquíni Cavadão, Os Paralamas do Sucesso, Capital Inicial, Raimundos e Blitz.

Além do maior palco de rock do Centro-Oeste, o CMW contará com novos espaços dentro do festival, como cinema ao ar livre com uma tela de 500 polegadas, parque de diversão e tirolesa. Além dos clássicos palcos temáticos Saloon, Moto Bar e Lady Bikers. 

“Liberdade, espírito e tradição são palavras que traduzem o nosso festival, e faz tempo que queremos unir no palco bandas e estilos diferentes para realizarem apresentações únicas e que só poderão ser vistas aqui. Todos os shows principais com intérpretes de libras e espaços pensados para garantir a mobilidade das pessoas com deficiência”, afirma Pedro Affonso Franco, um dos organizadores do CMW.

As áreas de lazer do festival foram ampliadas e as duas praças de alimentação, junto com os quiosques espalhados pelo evento, reunirão mais de 30 opções gastronômicas tradicionais da cidade. De segunda a sexta, no horário do almoço, a entrada será liberada para todos apreciarem bons pratos na Cidade do Motociclista. 

“Preparamos os espaços para recebermos os motociclistas que fazem da Granja do Torto suas casas durante os dez dias de evento. Por ser um evento que não dorme, nos preocupamos em receber todos da melhor maneira possível”, explica Juliana Jacinto, organizadora do festival.

O espaço Moto Kids também terá muitas atividades, brincadeiras e diversão para a garotada, entre eles o Parque de Diversões Moto Week. Instalado nos gramados do festival, a área contará com roda gigante, autopista, bungee jump, entre outros brinquedos.

Mais uma vez, o festival será 100% pet friendly. O espaço Moto Pets vai contar com ações de parceiros com doação de animais e de vacinas, descontos para castração de animais resgatados das ruas, além de workshop e apresentações especiais para quem é apaixonado por bichos.

De acordo com a organização do Capital Moto Week, mais de dois mil clubes de diversos países já confirmaram participação no festival. Nos dez dias de evento, são esperadas cerca de 800 mil pessoas na área do Parque de Exposições, o que posiciona o evento como o mais importante dentro do calendário da capital federal. 

Além disso, com a presença confirmada de motociclistas de várias partes do mundo, a produção reafirma o estimulo no empoderamento feminino, com ações para acabar com o estigma de que motociclismo é somente para o público masculino. Mais uma vez, o CMW promoverá o famoso Lady Bikers, espaço voltado para o empreendedorismo feminino.  e shows de artistas da cidade.

“Temos atualmente muito mais motociclistas e motoclubes compostos por mulheres do que antes, há alguns com 200 integrantes, por exemplo. E isso comprovamos também com os nossos números. Há quatro anos tínhamos um público majoritariamente masculino (75%) e na última edição quase igualou (54% homens e 46% mulheres)”, ressalta Juliana Jacinto.

Serviço:

Capital Moto Week 2022

De 21 a 30 de julho

No Parque de Exposições da Granja do Torto, Brasília (DF)

Ingressos:

– Motociclistas sem garupa e pilotando não pagam

– Motos com garupa entram grátis de segunda a sexta até as 15h e sábados e domingos até às 18h

– PCD tem acesso e estacionamento grátis no festival com direito à gratuidade de um acompanhante

– Pessoas com mais de 65 anos têm direito à meia-entrada

– Para quem levar lixo eletrônico ou 1kg de alimento tem direito ao ingresso solidário ao valor atual de R$50

Ingressos para pedestres no site https://www.bilheteriadigital.com

Reportar Erro