Mais Lidas

atentado a tiros

Presidente do Haiti e primeira-dama são assassinados em casa, durante ataque

O premiê Claude Joseph anunciou a morte do presidente e pediu que a população "se acalme"

acessibilidade:
Presidente do Haiti, Jovenel Moise, assassinado dentro de sua própria casa - Foto reprodução redes sociais.

Jovenel Moise, presidente do Haiti, foi assassinado na madrugada desta quarta-feira (7), comunicou o premiê do país, Claude Josefh. A residência oficial da presidência, localizada em Porto Príncipe, foi alvo do ataque de um grupo armado que “feriu mortalmente o Chefe de Estado”, diz comunicado.

A primeira-dama, Martine Moise, foi atingida por um tiro e chegou a ser acompanhada por equipes médicas, em um hospital da capital. Ela não sobreviveu ao ferimento e morreu horas depois.

O primeiro-ministro anunciou que “a situação da segurança no país está sob o controle da Polícia Nacional haitiana e das Forças Armadas do Haiti”. Ele pediu calma à população e que confiem na resolução breve do atentado. 

Joseph também salientou, em seu comunicado, que “todas as medidas estão sendo tomadas para garantir a continuidade do Estado e proteger a nação”.