Posse não é porte

Decreto da posse de armas será editado até a próxima terça, diz Onyx

Bolsonaro já ressaltou que é necessário que o cidadão tenha como comprovar a real necessidade da posse

Decreto da posse de armas será editado até a próxima terça, diz Onyx

Segundo Onyx, Bolsonaro quer atender a um compromisso de campanha Foto: Alan Santos/PR

O decreto que flexibiliza a posse de armas de fogo no Brasil, deverá ser assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, na próxima terça-feira (15), segundo afirmou o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni  (DEM-RS)

A declaração ocorreu nesta sexta (11), logo após a cerimônia de transmissão de cargo do Comado do Exército Brasileiro, quando ocorreu a posse do general Edson Leal Pujol.

Segundo Onyx, Bolsonaro quer atender a um compromisso de campanha.  Bolsonaro já ressaltou que é necessário que o cidadão tenha como comprovar a real necessidade da posse. “Ali, na legislação diz que você tem que comprovar efetiva necessidade. Conversando com Sérgio Moro, estamos definindo o que é efetiva necessidade. Isso sai em janeiro, com certeza”.

Vale ressaltar que posse e porte de armas são coisas distintas. O decreto em pauta, trata da posse de arma de fogo, sendo assim, o cidadão poderá ter uma arma em casa ou no local de trabalho.

Francine Marquez
Francine Marquez
| Atualizado