É o fim?

Decisão do STF sobre ‘caixa 2’ representa a desconstrução da Lava Jato

Políticos pilantras poderão 'retificar' prestação de contas fraudadas

Decisão do STF sobre ‘caixa 2’ representa a desconstrução da Lava Jato

Ministros do STF. Foto: Carlos Moura/SCO/STF

Com a decisão desta quinta-feira (14) por 6×5 votos, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) desconstruíram o entendimento da força-tarefa da Lava Jato, confirmado em dezenas de condenações, de que Caixa Dois em campanha eleitoral é pagamento de propina, antecipada ou não. Dez em cada dez réus da Lava Jato, a serem julgados ou já condenados, devem ter varado a noite comemorando. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Apesar da Lava Jato e de tanta corrupção, Caixa Dois ainda não é crime. Sérgio Moro foi obrigado a retirar esse item do pacote anticrime.

Remetido à Justiça Eleitoral, o Caixa 2 é retirado do campo penal. E o político pilantra ganha o direito de “retificar” sua prestação de contas.

A decisão do STF não afeta a situação do presidiário Lula, condenado por haver aceitado suborno já na condição de presidente.

Redação
Redação
| Atualizado