Eleição no Senado

Davi Alcolumbre confirma que vai agir contra fraude na eleição de sábado

Presidente do Senado vai investigar quem tentou 'melar' a eleição

Senador Davi Alcolumbre, que derrotou políticos antigos na disputa pela presidência da Casa. (Foto: Jane Araújo/AgSenado)

O novo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), confirmou a esta coluna e a senadores que vai tomar uma atitude em relação à fraude verificada na primeira votação para a Presidência do Senado, sábado (2), quando apareceram dois votos a mais. Esses dois votos foram rasgados rapidamente pelo presidente da sessão, José Maranhão (MDB-PB). O caso chocou a população e os meios políticos. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A investigação deve identificar o autor da inclusão ilegal de votos na urna, com objetivo de “melar” a eleição, talvez para “ganhar tempo”.

Alcolumbre é do tipo que prefere a concórdia a retaliações, mas ele assumiu ainda no sábado, na TV, o compromisso de apurar a fraude.

Imagens de TV mostraram que os votos enxertados na urna, conferidos ao candidato do MDB, acabaram no bolso do presidente da sessão.

O presidente do Senado começou sua gestão de maneira significativa, convocando reunião com líderes de bancada para definir prioridades.

Tiago Vasconcelos
Tiago Vasconcelos
| Atualizado