Cláudio Humberto

Quem tem dinheiro faturou

acessibilidade:

O Supremo Tribunal Federal reverteu, em 2019, o próprio entendimento e proibiu o cumprimento de penas antes do fim dos recursos judiciais.

Reportar Erro