Cláudio Humberto

Paraguai usa Gaúcho para retaliar ato de Bretas

acessibilidade:

Diplomatas brasileiros consideram que o Paraguai usa o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho, preso já há dez dias em Assunção como se fosse um bandido perigoso, para retaliar o recente decisão do juiz Marcelo Brêtas, do Rio, que mandou prender Horácio Cartes, ex-presidente do Paraguai. O plano era impor algo semelhante a algum político brasileiro de má fama, mas sobrou para o craque. Horácio Cartes é acusado de ajudar na fuga do “doleiro dos doleiros” Dario Messer, já preso.

Reportar Erro