21/01/2019

Pensando bem…

Pensando bem…

…para a maioria das pessoas o “desafio dos 10 anos” foi sobreviver aos governos do PT.
20/01/2019

BNDES: Cuba foi destaque, mas Angola era preferida

BNDES: Cuba foi destaque, mas Angola era preferida

A construção do Porto de Mariel (Cuba), por R$ 2,7 bilhões, ganhou destaque entre as maracutaias envolvendo financiamentos do BNDES, mas empréstimos “pós-embarque” (sem a necessidade de aprovação do Senado ou fiscalização de órgãos de controle) inauguraram novo tipo de favorecimento, sucesso nos governos do PT. Foi com esse modelo de financiamento que Lula e Dilma destinaram R$ 8,7 bilhões a obras em Angola, como hidrelétricas e aeroportos, de 2007 a 2014.
20/01/2019

Contrabando internacional

Contrabando internacional

O Conselho de Segurança da ONU apontou o porto de Mariel como “ponte” de armas da antiga União Soviética à Coreia do Norte.
20/01/2019

Mama África

Mama África

A OAS garantiu obra de R$ 1 bilhão na Guiné Equatorial “com ajuda do Brahma”, segundo o ex-presidente da empreiteira Léo Pinheiro.
20/01/2019

Só para alinhados

Só para alinhados

Os bilhões do BNDES foram usados sem pudor para financiar obras em ditaduras como Venezuela, e “democracias” como Bolívia e Cuba.
20/01/2019

Tem para todos

Tem para todos

Eike Batista também faturou alto e a parceria com a Petra Energia, do filho de Aloizio Mercadante, rendeu R$ 400 milhões do BNDES.
20/01/2019

Agenda de Sérgio Moro impressiona servidores

Agenda de Sérgio Moro impressiona servidores

O ritmo de trabalho de Sérgio Moro impressiona os servidores do Ministério da Justiça, que “não estão acostumados com um ministro trabalhando tanto, inclusive às sextas”, disse um funcionário. Nesta sexta (18), ele começou o dia com compromisso com o presidente Jair Bolsonaro às 9h e seguiu no trabalho até às 19h, incluindo um encontro com presidente do Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela, Miguel Ángel Martín, exilado no Brasil devido à perseguição da ditadura.
20/01/2019

Agilidade

Agilidade

O ministro foi visto almoçando no restaurante-escola do Senac, no próprio Ministério, para economizar tempo e dinheiro público.
20/01/2019

Ritmo é o mesmo

Ritmo é o mesmo

O ritmo de trabalho de Moro já era conhecido por quem trabalhava com o ex-juiz na operação Lava Jato. Em Brasília era inédito
20/01/2019

A internet não esquece

A internet não esquece

A agenda mais comum do ex-ministro José Eduardo Cardozo às sextas era “sem compromissos oficiais”. Em alguns sábados havia “Voo FAB”.
20/01/2019

Ponte que partiu

Ponte que partiu

Após anos sem funcionar, pontes de embarque do aeroporto de Maceió foram substituídas, mas uma voltou a quebrar. A Infraero ainda mentiu, informando que não as utilizar teria sido opção da empresa aérea.
20/01/2019

Danos na superfície

Danos na superfície

Além de prejudicar o país nos subterrâneos da corrupção, a Odebrecht faz estragos na superfície: após décadas de extração de sal-gema do subsolo de Maceió, sua Braskem é suspeita de provocar tremores e rachaduras que fazem milhares de pessoas abandonarem suas casas.
20/01/2019

Bertini na Fundação

Bertini na Fundação

Vai ser no dia 28, às 11h, a posse do economista Alfredo Bertini na presidência da Fundação Joaquim Nabuco, no Recife. A cerimônia será presidida pelo ministro Ricardo Vélez Rodríguez (Educação).
20/01/2019

Quanta bobagem

Quanta bobagem

Como Eduardo será o único filho a acompanhar Bolsonaro na viagem a Davos, já tem gente achando que o presidente quer tenta isolar o outro, Flávio. Como se fosse turismo em família e não viagem de trabalho.
20/01/2019

Lorota de palanque

Lorota de palanque

O pernambucano Paulo Câmara (PSB) não consegue se firmar na cena nacional. Pudera. Para agradar eleitores perdidos para o PT, diz que a reforma da Previdência, há anos em debate, é feita “a toque de caixa”.
20/01/2019

Senadora sem medo

Senadora sem medo

A senadora eleita Soraya Thronicke (PSL-MS) não tem medo de cara feia, nem de Olavo de Carvalho. Sobre críticas a políticos que visitaram a China, ela lembrou “o mínimo que você precisa saber para não ser idiota”: chineses são os maiores importadores de produtos brasileiros.
20/01/2019

Sem nexo

Sem nexo

Presidente do Ibama, Luiz Nunes pediu a retomada da dragagem no porto de Rio Grande (RS), suspensa por suspeita de levar lama à praia. Para ele, não há “nexo causal”, e a suspensão prejudica a navegação.
20/01/2019

Terceirizando responsabilidades

Terceirizando responsabilidades

Desmoralizado pela bandidagem, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), tenta terceirizar responsabilidades para Brasília. E ainda ajuda a enganar os cearenses, fazendo parecer que os 406 homens da “farsa nacional” fazem diferença num Estado cuja PM tem 17.500.