Cláudio Humberto

Durmam em paz

acessibilidade:

O STF não demorou a anular o ato do ministro Marco Aurélio que, a pedido do Psol, recomendava soltar presos sexagenários e “criminosos não-violentos”, como se o crime não fosse, em si, uma violência.

Reportar Erro