Cláudio Humberto

Assim é se lhe parece

acessibilidade:

Associação de juristas que classificava o impeachment de Dilma como “desrespeito a 54 milhões de votos”, agora defende o impeachment de Jair “58 milhões de votos” Bolsonaro por não aprovar o presidente.

Reportar Erro