Não faço o que eu digo

Vídeo mostra que ex-ministro Mandetta era só um marqueteiro

Longe dos holofotes, ex-ministro adotou o comportamento que criticava em Bolsonaro

acessibilidade:
Mandetta sendo ele mesmo: no escondidinho do ministério, beijos, abraços e nada de máscara.

Para quem divergia publicamente de Jair Bolsonaro, com malcriações que faziam a alegria dos opositores do presidente, Luiz Henrique Mandetta mostrou na saída do cargo que, como ministro da Saúde, foi apenas um marqueteiro: na quinta (16) à noite, um pouco antes de deixar o ministério, ele confraternizou com assessores, com distanciamento zero e abraços apertados, exatamente como criticava em Bolsonaro. No escondidinho do ministério, onde reinou por 15 meses, a máscara caiu. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Não há cuidados contra o Covid19, no vídeo da festinha de Mandetta, cuja gestão “comeu mosca” na compra de máscaras, por exemplo.

O esperto ex-deputado do DEM-MS deixou o ministério da Saúde fazendo lembrar o velho adágio: “faça o que digo, não o que eu faço”.

Agora, “escanteado” da cena política, Luiz Mandetta ficará longe dos holofotes. A eleição de 2022 está muito distante.

Reportar Erro