Mais Lidas

Clientelismo político

acessibilidade:

Raposa política mineira, José Maria Alkimin foi também um mestre do clientelismo, naqueles tempos em que ninguém levava a sério um concurso para ingressar no serviço público. Certa vez, ele recebeu um rapaz que havia solicitado um emprego no Estado, desafiando-o com inteligência: “Estou desanimado, dr. Alkimin. Acho que não vou conseguir…” Alkimin reagiu: “O que é isso, meu filho? Esqueceu que me tem como padrinho?” O rapaz insistiu: “É que são muitos candidatos, dr. Alkimin…” O político sentenciou: “Mas eles não me têm como padrinho…” Uma semana depois o rapaz era nomeado.