Presidente do PL

Valdemar descarta aliança PL-PT: ‘nenhuma hipótese’

A afirmação veio após o PT publicar uma resolução na última semana, dizendo que os filiados petistas poderão fazer aliança com 'apoiadores bolsonaristas'

acessibilidade:
Presidente do PL, Valdema Costa Neto afineta o ministro Alexandre de Moraes de querer se aparecer e se candidatar a presidencia da República. (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil.)

O presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, descartou nesta segunda-feira (4), qualquer possibilidade de aliança entra a sigla e o Partido do Trabalhadores (PT) para as eleições municipais de 2024.

“Que fique bem claro: Não existe nenhuma hipótese de coligação com o PT. Somos oposição e assim seguiremos. O Partido Liberal valoriza a família, a liberdade de expressão e sentimos orgulho do nosso País quando ouvimos o Hino Nacional. É por isso que o povo brasileiro fez do PL o maior partido do país”, declarou Valdemar no Twitter.

A afirmação do presidente da sigla veio após o PT divulgar uma resolução na última semana dizendo que os filiados petistas poderão fazer aliança com o partido do ex-presidente Jair Bolsonaro para concorrer nas eleições municipais de 2024.

Veja abaixo a declaração completa de Valdemar Costa Neto, que reforçou o posicionamento do PL em caixa alta, que na internet tem o significado de “grito”, ou seja o presidente da sigla repudiou veementemente a possível aliança.

 

 

Reportar Erro