Pé em cada canoa

Republicanos têm ministério, mas negam aliança a Lula

Por meio das redes sociais o Republicanos anuncia que será contra proposta que não sejam alinhadas aos valores do partido

acessibilidade:
Ministro de Portos e Aeroportos do presidente Lula (PT), Silvio Costa Filho. (Foto: Douglas Gomes/Agência Câmara).

O Republicanos publicou um post na rede social X anunciando que o partido “não vota com o governo Lula”, para esclarecer especulações de que o partido estaria se desvirtuando de suas crenças conservadoras e que tais insinuações “visam minar nossos princípios e valores, numa clara tentativa de confundir nossos filiados, eleitores e simpatizantes”.

Post do partido Republicanos esclarecendo que não são aliados de Lula – Foto: Reprodução/Redes Sociais.

Com os ajustes da reforma ministerial, era esperado que o partido Republicanos se unisse ao governo atual para futuras decisões no Congresso Nacional. Lula trocou a ex-atleta de vôlei Ana Moser, pelo deputado federal André Fufuca (Progressistas) e remanejou Márcio França (PSB) para um novo ministério,  para que Sílvio Costa Filho (Republicanos) pudesse liderar a pasta de Portos e Aeroportos. 

De acordo com a declaração na rede social, o Republicanos será contra propostas que não estejam alinhadas com seu manifesto político e que não vai abrir mão de seus valores conservadores. Entretanto, o partido afirma que está comprometido “a viver em harmonia e respeito com todos”  e que eventual divergência com o governo será “com respeito” e “sem apoiar nenhum tipo de perseguição a quem pensa de modo diferente”. 

O partido ainda reforça um alerta aos eleitores e simpatizantes: “não se deixe influenciar por notícias falsas ou por aqueles que querem tumultuar nossa casa política”. 

Atualmente, o Republicanos não segue o Planalto em todas as votações no Congresso Nacional.A bancada do Senado conta com nomes de oposição, como a senadora Damares Alves (Rep-DF), que durante o governo de Jair Bolsonaro foi ministra do Ministério da Mulher e da Família e Hamilton Mourão (Rep-RS), ex- vice-presidente dde Jair Bolsonaro. Já na bancada da Câmara dos Deputados, o partido conta com a atuação do deputado federal Luciano Zucco (Rep-RS), aliado declarado do ex-presidente e presidente da CPI do MST. 

Reportar Erro