STF decide

PGR pede apreensão de pistola e suspensão do porte de Carla Zambelli

Parlamentar sacou arma e perseguiu homem após confusão em São Paulo

acessibilidade:
Em manifestação ao STF, a defesa de Carla Zambelli informou que a parlamentar está no exterior, “cumprindo missão oficial da Câmara dos Deputados”

A vice-procuradora geral da República, Lindôra Araújo, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a apreensão da pistola 9mm, além das munições, e a suspensão do porte de armas da deputada federal Carla Zambelli (PL-SP).

Na véspera do primeiro turno das eleições, a parlamentar se envolveu em uma confusão no bairro Jardins, em São Paulo, sacou uma arma e apontou para um homem no meio da rua. Zambelli diz que foi agredida e xingada. O segurança dela acabou preso por ter disparado uma arma durante a perseguição.

No Supremo, o pedido da PGR será relatado pelo ministro Gilmar Mendes.