Cláudio Humberto

Lula faz lembrar ‘volta à cena do crime’ de Alckmin

Geraldo Alckmin definiu em vídeo, que viralizou nas redes, o que Lula pretendia com a candidatura presidencial: “Voltar à cena do crime!"

acessibilidade:
Geraldo Alckmin definiu em vídeo, que viralizou nas redes, o que Lula pretendia com a candidatura presidencial: “Voltar à cena do crime!" (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A presença do presidente Lula (PT) em Abreu e Lima (PE), para anunciar o recomeço de tudo, fez lembrar o vaticínio de Geraldo Alckmin, seu vice. Quando ainda defendia princípios de liberdade política e econômica no palanque da oposição, o ex-governador definiu em vídeo, que viralizou nas redes, o que Lula pretendia com a candidatura presidencial: “Voltar à cena do crime!”. A Lava Jato e o TCU apuraram que, dessa refinaria, o esquema petista de corrupção surrupiou vários bilhões de Petrobras. As informações são do jornalista Cláudio Humberto, colunista do Diário do Poder.

Afora a Lava Jato, o Tribunal de Contas da União atestou R$2,7 bilhões em “sobrepreço” e em 2021 o rombo na refinaria somava R$15,4 bilhões.

O Brasil ainda teve de cobrir o calote de R$3,5 bilhões da Venezuela, que Lula fez “sócia” da refinaria de Abreu e Lima por meio da PDVSA.

O ditador Hugo Chávez foi quem escolheu o local da refinaria porque sua propaganda se apropriava do legado histórico de Abreu e Lima.

Reportar Erro