Ministro do STF

Gilmar diz achar ‘muito difícil’ Bolsonaro reverter inelegibilidade

Ministro também comentou sobre possibilidade de anistia de presos pelo 8 de Janeiro

acessibilidade:
Ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes (Foto: Antonio Cruz/ABr)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, comentou sobre a possibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) conseguir reverter a inelegibilidade no STF e demonstrou não acreditar no sucesso da empreitada.

“Acho muito difícil. Vamos aguardar a deliberação do tribunal, mas tudo tende a manter a decisão que já foi tomada, essa tem sido a rotina em casos semelhantes”, declarou durante entrevista à CNN Portugal.

O magistrado também falou sobre a possibilidade de anistia para os presos pelos atos de vandalismo ocorridos em Brasília em 8 de janeiro de 2023, quando as sedes dos Três Poderes foram invadidas e depredadas.

“Não acredito que haja clima no Brasil para um debate sobre anistia diante da gravidade dos fatos que ocorreram”, avaliou Mendes.