Maratona de processos

Donald Trump comparece a 1º julgamento e fala em ‘caça-bruxas’

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump terá que passar uma por uma série de julgamentos até dezembro

acessibilidade:
Ex-presidente do EUA, Donald Trump comparece a 1] sessão de julgamento sob acusação de inflacionr durante anos o valor dos seus ativos imobiliários.

O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump compareceu no tribunal de Nova York nesta segunda-feira (02) para a primeira sessão do julgamento civil pela acusação de fraude bancária. Trump e dois de seus filhos são acusados de terem inflacionado durante anos o valor dos seus ativos imobiliários. 

Essa sessão é o início de uma saga judicial que o ex-presidente e bilionário deve enfrentar até o ano que vem. 

Ao chegar no tribunal, e Trump voltou a dizer que casos movidos contra ele não passam de “caça-bruxas”. Ainda acrescentou vangloriando seus negócios,  “As minhas declarações financeiras são fenomenais”

Além disso, Trump chamou a procuradora-geral do estado nova-iorquino, Letitia James, de “racista”.

Procuradora -geral do estado de New York, Letitia James. (Foto: Reprodução/redes sociais).

Durante o julgamento, a defesa de Trump rejeitou todos os argumentos apresentados pela promotoria, garantindo que todos os procedimentos em causa foram realizados de forma legal. “Não houve intenção de enganar, não houve ilegalidade, não houve falha, não houve quebra, não houve dependência dos bancos, não houve lucros injustos, e não houve vítimas”, afirmou o advogado Christopher Kise, nas alegações iniciais. 

Kise apresentou a Trump Organization, grupo com cerca de 500 entidades empresariais da qual Trump é único ou principal proprietário, como “uma das marcas mais bem-sucedidas do mundo” e alegou que Donald Trump enriqueceu “ao estar literalmente sempre certo acerca dos seus investimentos em imobiliário”

O julgamento deve durar até dezembro e ainda que não resulte em prisão, poderá ser decisivo para o futuro do império empresarial de Trump, além de prejudicar sua campanha eleitoral para a próxima eleição presidencial dos EUA. 

Trump é o favorito entre os republicanos para ocupar o cargo de Joe Biden nas eleições de 2024. 

Agenda judicial de Trump 

Donald Trump já foi convocado a outras sessões judiciais: 

  • Em 4 de março, deve comparecer ao tribunal federal de Washington para responder às acusações de tentativa de reverter o resultados das eleições presidenciais em 2020, vencidas por Joe Biden;
  • Em seguida, ainda sem data definida, o ex-presidente terá que comparecer ao tribunal em Nova Iorque por fraude contábil;
  • Depois, irá à Flórida para responder em caso de suposta gestão negligente de documentos confidenciais após deixar a presidência. 

 

Reportar Erro