O bolso sentiu

Conta de luz mais cara puxa alta da inflação em agosto

Serviço ficou 4,59% mais caro e puxou para cima o IPCA

acessibilidade:
Lâmpada acessa com duas mãos ao redor
Foto: Reprodução

Dados do IBGE divulgados hoje (12) apontam alta de 0,23% na inflação em agosto. O aumento no custo da energia elétrica é um dos principais motivos para a alta. O custo do serviço ficou 4,59% mais caro.

Segundo o boletim do IBGE, o IPCA acumula taxa de 3,23% no ano. Em 12 meses, o índice é de 4,61%. A meta da inflação para 2023 é de 1,75% a 4,75%.

Segundo o pesquisador do IBGE André Almeida, o aumento da tarifa de energia elétrica foi provocado, principalmente, pelo fim da incorporação do bônus de Itaipu, que havia tido saldo positivo em 2022. “[O saldo positivo de Itaipu] foi incorporado nas contas de luz de todos os consumidores do Sistema Interligado Nacional em julho e não está mais presente em agosto”, afirma.

Também foram aplicados reajustes nas tarifas em Vitória (3,20%, a partir de 7 de agosto), Belém (9,40% a partir de 15 de agosto) e São Luís (10,43% a partir de 28 de agosto).

 

Reportar Erro