Guerra

Câmara alivia para Mauro Vieira e transforma convocação em convite

O acordo ocorreu em uma reunião da comissão de Relações Exteriores na Câmara, nesta quarta-feira (18)

acessibilidade:
Chanceler Mauro Vieira (Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil).

A Comissão de Relações Exteriores da Câmara fechou acordo em reunião nesta quarta-feira (18) para retirada de pauta dos pedidos de convocação do chanceler Mauro Vieira, e do assessor especial da Presidência Celso Amorim. 

Foram aprovados requerimentos de convites no lugar dos pedidos de convocação, no qual não há a obrigação de comparecimento. 

Tanto Mauro Vieira, quanto Celso Amorim, eram alvos de requerimentos do colegiado para explicação do posicionamento do Brasil no conflito entre Israel e Hamas. 

Vieira deve ir ao Senado ainda hoje (18). Paulo Barbosa (PSDB-SP), presidente do colegiado na Câmara, chegou a solicitar uma audiência conjunta, mas Renan Calheiros (MDB-AL), presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, não acatou o pedido.