Tolerância zero

Caiado: Goiás reagirá com rigor a invasões do MST

"Em Goiás, bandido muda de profissão ou de Estado", disse o governador

acessibilidade:
Caiado se orgulha do fato de não haver uma única invasão de terras em seu Estado, neste momento, e garante que continuará assim. (Foto: Diário do Poder)

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União), pregou aviso: que o MST não se meta a besta, incluindo seu Estado entre aqueles que pretende invadir, de acordo com anúncio desta segunda-feira (22) dessa entidade de “amigos do alheio”. Caiado disse que a lei será usada com rigor e que os órgãos de segurança do seu governo estão atentos: não será tolerada nenhuma invasão de prédio público ou privado, de propriedade urbana ou rural. Invadiu, será retirado imediatamente. As informações são do jornalista Cláudio Humberto, colunista do Diário do Poder.

Uma das estrelas do agronegócio, Goiás é o terceiro maior produtor brasileiro de proteína animal, de acordo com a CNA, entidade do setor.

Caiado se orgulha do fato de não haver uma única invasão de terras em seu Estado, neste momento, e garante que continuará assim.

O governador resumiu ontem em uma frase, na TV BandNews, sua ordem às polícias: “em Goiás, bandido muda de profissão ou de Estado”.

Reportar Erro