Amigo de Lula

SIGA AO VIVO: Zanin passa por sabatina no Senado

Expectativa é que indicação seja votada ainda nesta quarta-feira (21) no Plenário do Senado

acessibilidade:

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado sabatina na manhã desta quarta-feira (21) o advogado pessoal e amigo do presidente Lula Cristiano Zanin, indicado para ocupar a vaga aberta para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Há semanas, Zanin é figurinha fácil pelos corredores e gabinetes do Senado, onde busca apoio para aprovação. A indicação do amigo de Lula é relatada pelo senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) e não deve enfrentar resistência.

Aprovado na CCJ, o nome de Zanin deve seguir ainda hoje para votação no Plenário do Senado. A aprovação é dada como certa e pode ter votos inclusive da oposição. Partidos como o PL, oposição declarada ao governo, liberaram os parlamentares para a votação.

Como funciona a sabatina na CCJ

Cristiano Zanin terá um tempo para fazer uma apresentação inicial. Normalmente o tempo é usado para explanar o currículo e histórico do candidato.

Após a apresentação inicial, passa-se a palavra para os senadores. Cada parlamentar tem até 10 minutos para formular o questionamento ao indicado.

Com a palavra, após pergunta do senador, Zanin tem até 10 minutos para responder.

Após a resposta de Zanin, o senador que fez a pergunta tem até 5 minutos para um réplica e o indicado outros 5 minutos para tréplica.

Votação aberta

Por volta das 13h50, o presidente da CCJ do Senado, Davi Acolumbre (União Brasil-AP), abriu a votação para os senadores aprovarem ou não o nome de Zanin para o Supremo.

No entanto, o indicado de Lula continua a responder a um bloco de perguntas de senadores enquanto outros parlamentares votam.

O voto é secreto em uma urna posicionada do lado de fora da sala da comissão.

Reportar Erro