Mais Lidas

Política

‘A voz do povo é a voz de Deus’, diz Bolsonaro ao ouvir multidão gritar ‘Renan vagabundo’

Ele discursava quando a multidao passou a xingar o senador do MDB-AL

acessibilidade:
Presidente Jair Bolsonaro durante discurso em Russas, no Ceará, 20/out/21 - Foto: reprodução da TV.

O presidente Jair Bolsonaro reagiu com o dito popular “a voz do povo é a voz de Deus”, quando ouviu a multidão que assistia ao seu discurso, na cidade de Russas (CE), gritar em coro “Renan vagabundo”, numa referência ao relator da CPI da Pandemia, senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Ele voltou a lembrar seu posicionamento contrário ao fechamento de atividades, durante a pandemia, e criticou os que defendiam a ideia “criminosa” de que “fiquem em casa que a economia a gente vê depois.

Bolsonaro pediu que na multidão levassem o braço as pessoas que foram acometidas de covid-19 e, destas, quantas tomaram cloroquina e ivermectina.

Diante do número expressivo de braços levantados, ele lembrou que os medicamentos foram administrados sob orientação médica.

O discurso do presidente da República ocorreu enquanto a CPI da Pandemia iniciava a sessão que objetiva a leitura do relatório de Calheiros.

Vídeos Relacionados