Mais Lidas

Problemas de 2015

Jornal revela que a Vale omitiu falhas de segurança em relatório de 2017

Falhas não constavam em documento ao governo, revela jornal de BH

acessibilidade:
Tragedia-crime na cidade de Brumadinho em Minas Gerais; bombeiros trabalham na localização de vítimas. Foto: Ricardo Stuckert

A mineradora Vale teria omitido falhas em equipamentos de segurança da barragem 1 da Mina do Feijão, em Brumadinho (MG), de acordo com informações divulgadas pelo jornal O Tempo.

Um estudo apresentado no ano passado ao governo de Minas Gerais teria sido apresentando sem a informação de que os problemas teriam sido observados em 2015.

Já no relatório apresentado em 2015, ano do acidente na cidade mineira de Mariana, uma consultora contratada pela mineradora apontou danos em equipamentos que medem a quantidade de água dentro da barragem — problema semelhante aos detectados na barragem do Fundão, que se rompeu em Mariana.

Mesmo com a constatação do problema nos piezômetros, a barragem foi avaliada como “em condições adequadas de segurança”. O reparo dos equipamentos foi aconselhado como imediato. No entanto, não foi possível constatar o reparo ou não já que as informações não estavam no relatório entregue no ano passado.

De acordo com informações divulgadas pela Defesa Civil de Minas Gerais na noite desta segunda (28), o rompimento da barragem em Brumadinho já deixou 65 mortos e 279 pessoas estão desaparecidas. O trabalho de resgate foi retomado na manhã desta terça (29), com prioridade no local onde se acredita estar o refeitório da Vale.

Reportar Erro