Mais Lidas

Saúde

Upas de Itaboraí e Ilha do Governador serão transformadas em unidades pediátricas

As mudanças valem a partir de 1º de abril

acessibilidade:

A partir de sexta-feira (1/4), a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro dará início ao processo de reorganização do atendimento na rede estadual de urgência e emergência. A readequação terá início pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) 24h da Ilha do Governador, na Zona norte do Rio, e de Itaboraí, na Região Metropolitana.

As duas unidades terão o atendimento suspenso para que possam ser submetidas às intervenções para adequação do ambiente físico e também do quadro de profissionais. O prazo máximo para a conclusão das mudanças é de 45 dias, quando as unidades serão reabertas com novo perfil: terão atendimento exclusivo para crianças com idades entre 0 e 14 anos. Os espaços não contarão com médicos clínicos gerais, dispondo apenas de pediatras.

"A especialização de unidades é uma tendência mundial. As UPAs Pediátricas vão garantir às famílias que suas crianças terão atendimento adequado, com estrutura específica para o público infantil", explicou Luiz Antônio Teixeira Jr., secretário de Saúde.

Além das novas unidades pediátricas, três UPAs passarão, também a partir do dia 1º de abril, a ter atendimento exclusivo para adultos: Niterói, São Gonçalo I (Colubandê) e São Pedro D´Aldeia. As unidades não contarão com pediatras, sendo seus quadros compostos por clínicos gerais. Os novos perfis de atendimento nestas unidades fazem parte do planejamento da Secretaria de Saúde para a reorganização da rede. Novas mudanças estão previstas e serão detalhadas ao longo dos próximos meses. Os objetivos das novas orientações são a otimização dos recursos e a melhoria na qualidade do serviço oferecido à população.

Vídeos Relacionados