Olha só

Vândala ‘bolsonarista’, na verdade ligada ao PSB, ganhou Auxílio Brasil

Presa por tocar o terror em Brasília embolsou benefícios indevidamente

acessibilidade:
Kilo Hinaro, suposta bolsonarista presa por participar de atos de vandalismo e tentativa de invasão da Polícia Federal.

Está cadastrada como beneficiária do Auxílio Emergencial a manifestante Klio Hinaro, presa pela Polícia Federal em operação decorrente da investigação da quebradeira em Brasília no dia 12 de dezembro.

O Portal da Transparência confirma o recebimento de 16 parcelas do benefício social, entre abril de 2020 e outubro de 2021, no total de R$5.1 mil. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder. Em 2018, ela fez campanha para Márcio França (PSB) ao governo paulista.

Nos meses de abril, maio, junho, julho e setembro de 2020, a parcela foi de R$ 600. Entre outubro e dezembro foram parcelas de R$ 300.

Por seis meses, Klio Hinaro ainda levou um troco: R$ 150 pagos entre maio e outubro de 2021, quando os pagamentos foram suspensos.

Klio, que chama Márcio França de ‘nosso futuro governador’, levou R$2 mil em 2022 por trabalhar para um postulante a deputado estadual.