Rei do Futebol

Pelé é sepultado após cortejo por ruas de Santos

Cerimônia contou apenas com a presença de familiares e amigos próximos

acessibilidade:
O trajeto incluiu a Avenida Coronel Joaquim Montenegro (Canal 6), na qual vive Celeste Arantes, mãe de Pelé Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O corpo do Rei do Futebol, Pelé, foi sepultado na tarde desta terça-feira (3) no Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos, em uma cerimônia reservada que contou apenas com a presença de familiares e amigos próximos.

O sepultamento teve início por volta das 14h (horário de Brasília), após o carro de bombeiros percorrer as ruas de Santos com o corpo de Edson Arantes do Nascimento em um cortejo que durou cerca de três horas e meia.

O corpo de Pelé ficará em uma mausoléu no primeiro andar do Memorial Necrópole Ecumênica. O corpo do pai do Rei do Futebol, Dondinho, está sepultado no mesmo Memorial.

Velório e cortejo

Mais de 230 mil torcedores prestaram as últimas homenagens a Pelé, cujo velório aberto ao público chegou ao fim às 10h desta terça-feira na Vila Belmiro, estádio do Santos. Após o fechamento dos portões, o caixão com o corpo de Pelé deixou a Vila Belmiro em cima de um caminhão dos bombeiros para cortejo pelas ruas da cidade litorânea paulista. O trajeto incluiu a Avenida Coronel Joaquim Montenegro (Canal 6), na qual vive Celeste Arantes, mãe de Pelé.

Após o fechamento dos portões, o caixão com o corpo de Pelé deixou a Vila Belmiro em cima de um caminhão dos bombeiros para cortejo pelas ruas da cidade litorânea paulista. O trajeto incluiu a Avenida Coronel Joaquim Montenegro (Canal 6), na qual vive Celeste Arantes, mãe de Pelé.(Com informações Agência Brasil)