Taça na capital

troféu da copa fica em brasília até quarta

Troféu chega amanhã e ficará exposto no Mané Garrincha até quarta

acessibilidade:

taca da copaGanhar a Copa do Mundo da FIFA e erguer a taça de campeão é o sonho das 32 seleções que disputam, a partir de 12 de junho, a maior competição de futebol do planeta em 12 cidades do Brasil. E fora de campo, os torcedores que assistirão aos jogos em Brasília terão a oportunidade de ficar frente a frente com o maior símbolo do futebol mundial. A Taça da Copa desembarca em Brasília nesta terça-feira (27) e ficará exposta na área externa do estádio Mané Garrincha.

Em Brasília, o tetracampeão mundial Bebeto terá a honra de erguer o cobiçado troféu e colocá-lo na redoma onde ficará exposto ao público. Pelas regras da FIFA, apenas campeões do mundo e chefes de Estado podem tocar a Taça.

O Tour da Taça da Copa do Mundo da FIFA?, evento promovido pela Coca-Cola, teve seu lançamento em 12 de setembro de 2013, no Rio de Janeiro. A última cidade a receber a taça é São Paulo, entre os dias 29 de maio a 1º de junho. O troféu de ouro maciço 18 quilates realizou a mais longa viagem em toda a sua história. Foram 89 países e aproximadamente 150 mil quilômetros percorridos, o equivalente a aproximadamente três voltas ao redor do planeta.

COMO PARTICIPAR – A taça ficará em Brasília até quarta-feira (28), com visitação das 9h às 21h. Bilhetes para ver o troféu serão distribuídos por meio de uma promoção e pré-agendamento. Para participar, o torcedor deve acessar o site www.coca-cola.com.br e conferir o regulamento. Também será possível concorrer a ingressos no Portal Brasília na Copa (www.copa2014.df.gov.br).

A exposição da taça será montada no estacionamento leste do estádio, voltado para o Shopping ID. Também haverá atrações de dança, música e apresentações culturais.

O universitário Patrick Fleury, 24 anos, já garantiu o seu ingresso para a partida do Mundial entre Portugal e Gana, no dia 26 de junho, na arena brasiliense. Agora, quer conhecer de perto a Taça da Copa do Mundo. “Presenciar esse momento vai ser histórico na capital. Poderemos ver de perto o maior símbolo do futebol mundial”, diz, empolgado.

Reportar Erro