Mais Lidas

Para atrair investimentos

Terracap quer que Aeródromo em São Sebastião vire aeroporto executivo

Estatal já recebe propostas de empresas interessadas em administrar o local

acessibilidade:

A Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) já iniciou os procedimentos para transformar o Aeródromo de São Sebastião, atualmente administrado pela associação Prossiga, em um aeroporto para atender apenas voos executivos.

O terreno, que é da Terracap, foi arrendado na década de 1990 para atividades rurais, mas um aeródromo acabou sendo construído no local. Desde 2014, o aeródromo tem permissão da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para funcionar durante o dia.

A estatal não foi favorável ao empreendimento e conseguiu na Justiça as terras e as construções de volta. Agora, a Terracap quer transformar o local em um aeroporto para pousos e decolagens de aviões particulares. A intenção também é atrair para o local empresas de entretenimento, hotéis e espaços para eventos.

Propostas de empresas interessadas em administrar o novo aeroporto do Distrito Federal já estão sendo recebidas pela Terracap. A área, que continuará sendo da estatal, pode ser gerida a partir de uma concessão – ou seja, a empresa fica com a gestão do local por um tempo determinado – ou por parceria público-privada, quando o governo e uma empresa administram em conjunto.

As propostas podem ser enviadas até o dia 16 de janeiro. A previsão do governo de Brasília é que o edital seja publicado em setembro deste ano e que o contrato seja assinado em dezembro.

Reportar Erro