Mais Lidas

Mercado de trabalho

Taxa de desemprego no DF permanece estável em setembro

Apesar do resultado, houve redução no número de pessoas sem ocupação

acessibilidade:

A taxa de desemprego no Distrito Federal permaneceu estável no mês de setembro, de acordo com a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) divulgada nesta quarta (25). O levantamento é feito pela Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, em parceria com o Dieese, Codeplan e a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados.

Apesar do índice ter permanecido instável, houve uma redução no número de pessoas sem ocupação, passando de 306 mil em agosto para 305 mil neste mês. Em 12 meses, a capital teve aumento de 51 mil postos de trabalho.

Os setores responsáveis pelo aumento de empregos foram o da indústria de transformação – com mil ocupações a mais –, o da administração (dois mil novos trabalhadores), e o dos serviços – também com mais dois mil empregados. Na contramão, o comércio e a construção civil apresentaram decréscimo de mil vagas cada.

De setembro a setembro

A pesquisa aponta ainda as mudanças das taxas anuais, de setembro de 2016 ao mesmo período deste ano. De um ano para o outro foram oferecidos 51 mil postos de trabalho a mais. No entanto, o número de desempregados subiu em 39 mil pessoas, devido ao crescimento da população economicamente ativa no mercado do Distrito Federal.