Estoques zerados

Saúde negocia antecipação de entrega de vacinas pediátricas contra Covid

Ministério informou que acabaram as doses para imunização de crianças de 6 meses até 4 anos

acessibilidade:
Foto: Walterson Rosa/MS

Com os estoques esgotados, o Ministério da Saúde já deu início à negociação com laboratórios para antecipar as remessas de doses e sanar a falta de vacinas pediátricas contra a Covid-19.

A  secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente (SVSA), Ethel Maciel, anunciou, nesta sexta (6) que acabaram as vacinas para imunizar crianças de 6 meses até 4 anos.

Entretanto, a secretária frisou que  há cerca de 3,2 milhões de doses para crianças de 6 meses a 4 anos pendentes de entrega, das quais o ministério trabalha para adiantar a encomenda.

Em relação as crianças de 5 a 11 anos, há previsão de pouco mais de 4 milhões de doses pendentes, e que terão prazo de entrega renegociado. No entanto, ela afirmou que o fornecimento para público acima de 12 anos, está em dia.

“Recebemos o Ministério com desabastecimento de vacinas infantis. Entramos em contato com a Pfizer e vamos resolver o problema da entrega até o fim de janeiro”, afirmou Maciel.

A secretária também comunicou a retomada de tratativas para adquirir imunizantes do Instituto Butantan, com intuito de ampliar a imunização infantil.