Vandalismo em Brasília

Prédio do Supremo Tribunal Federal começa a ser reformado

Foco é no Plenário tendo em vista que o Ano Judiciário começa no próximo dia 1º de fevereiro

acessibilidade:
O mobiliário danificado foi retirado o mobiliário danificado para recuperação Foto: Carlos Moura/SCO/STF

A sede do Supremo Tribunal Federal (STF) começa a ser reformada depois da depredação que ocorreu no último domingo (8). O trabalho teve início pelo Plenário, tendo em vista que o Ano Judiciário começa no próximo dia 1º de fevereiro.

As equipes de limpeza, arquitetura, conservação e restauração começaram a trabalhar assim que a Polícia Federal concluiu o trabalho de perícia, ontem. O trabalho é feito simultaneamente dentro e fora do STF. Enquanto equipes  realizaram a limpeza das pichações nas vidraças, outras recolhem lixo e os cacos de vidro espalhados por todo local. 

Foi retirado o mobiliário danificado para recuperação, como cadeiras dos ministros e do Plenário. Também foram recolhidos cacos de vidro e lixo originado nos atos. As equipes realizaram ainda limpeza das pichações nas vidraças. Profissionais da área do restauro iniciaram a coleta dos obras de arte danificadas.

Servidores do STF já começaram com o levantamento do prejuízo causado com a invasão e os atos de vandalismo. O mobiliário danificado foi retirado o mobiliário danificado para recuperação. Profissionais da área do restauro iniciaram a coleta dos obras de arte danificadas.