Mais Lidas

Número deve ser atualizado

SLU já recolheu 37 toneladas de lixo no DF até esta terça de carnaval

Número deve aumentar nesta quarta, mas já é cerca de 40% menor que a quantidade recolhida no ano passado

acessibilidade:
Queimar lixo doméstico é um dos crimes previstos na Lei de Crimes Ambientais (foto: EBC)l

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) do Distrito Federal recolheu, até a manhã desta terça (5), 37 toneladas de lixo nas ruas da capital durante os dias de carnaval. O balanço final ainda será divulgado, já que o trabalho continua nesta quarta (6).

Foram mobilizados desde a última sexta (1º) 800 garis para trabalhar na limpeza pública do Distrito Federal. Apesar de ainda não haver os últimos números, a quantidade de lixo recolhida neste ano já é cerca de 40% menor que a do ano passado, quando os garis recolheram 82 toneladas de lixo. O número vem diminuindo a cada ano: em 2017, o SLU recolheu 95 toneladas.

A meta é diminuir ainda mais, a cada ano que passa, a sujeira gerada durante a folia de carnaval no DF. Há cinco anos, o SLU promove a campanha Bloco Brasília Limpa, reconhecendo os blocos de carnaval que se comprometeram com a gestão dos resíduos.

Segurança

Até a tarde desta terça, a Polícia Militar não havia registrado ocorrências graves durante as festas de carnaval. Até às 18h, foram registrados quatro furtos de celular e um furto em veículo.

Houveram ainda o registro de nove Termos Circunstanciados: oito por uso e posse de drogas e um por porte de arma branca. O Corpo de Bombeiros não havia atendido ocorrências relativas ao carnaval.

Os blocos que se reuniram no Setor Comercial Sul (SCS) precisaram encerrar a festa mais cedo, após o alto número de pessoas causar confusão no local. Com o fim de outros blocos carnavalescos na região, várias pessoas foram para o SCS. Bombas de efeito moral foram lançadas pela PM e o público acabou se dispersando do local.