GDF tenta negociar

Sindicatos ameaçam greve geral após suspensão de reajustes

GDF se reuniu com 17 categorias nesta segunda-feira

acessibilidade:

O GDF tentou, na segunda-feira (21), explicar a 19 categorias de servidores públicos os motivos que levaram à suspensão dos reajustes salariais. O encontro aconteceu no Palácio do Buriti, com a participação dos secretários de Relações Institucionais e Sociais, Marcos Dantas, de Gestão Administrativa e Desburocratização, Alexandre Ribeiro, e pela subsecretária de Relações do Trabalho e do Terceiro Setor, Mari Elisabeth Trindade. Apesar do apelo, os sindicatos garantiram que estão dispostos a encarar uma greve geral.

Algumas áreas, como saúde e educação, já sinalizaram paralisação de um dia na próxima quinta-feira (24). Na última semana, o GDF anunciou o pacote de medidas para tentar tirar o GDF da crise. Entre elas, a suspensão dos salários de 32 categorias de servidores públicos, concedidas pela gestão Agnelo Queiroz.

O governo agendou uma nova reunião para a próxima segunda-feira (28). Segundo o GDF, nos próximos dias “serão avaliadas todas as medidas possíveis para dar continuidade às negociações”.

Reportar Erro